.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008


Acreditar em sua história não é dar mãozinhas às propostas, mas sim, conspirar aos limites encarceradores que corrompem em nome de pressupostos que garantem a estabilidade aos pobres endinheirados que apenas querem e precisam de sua força de trabalho, de seus filhinhos e também de sua doença para acumularem riquezas sobre aquilo que chamam de saúde.

Ser em si , redunda na arte da crítica, na arte da dúvida e na arte em determinar que cárceres são feitos para os que renunciam vê-los ou negam exergá-los,mas, habitam e escondem-se aprisionados para diante do encontro com o silêncio ensurdecedor da solidão,diante das dores renunciadas, sublimadas no pouco que acreditam representar para si mesmos.

Até quando você não quer mais viver o Ser no outro ou ter o outro em seu Ser ?




MARCUS ANTONIO BRITTO DE FLEURY JUNIOR.

PARTICIPE DO PROGRAMA DE RESGATE DO SER EM SI. (PRSS)

2 Comentários:

Postar um comentário

<< Home